Mamma Vendetta nasceu livre, livre de conceitos ou direções pré-estabelecidas, somente a idéia de juntar o melhor da música e todos as formas de expressão artística ou manifestos ligados ao mundo independente. Mamma Vendetta é muito mais que uma agência de shows, funciona como uma verdadeira comunidade que agora coloca os pés para fora do gueto numa tentativa de mostrar ao mundo a variedade e atitude da arte independente elevando-a a outro nível. A família Vendetta iniciou suas atividades em 2009 trazendo alguns dos mais criativos e excitantes artistas da cena atual.

Mamma Vendeta é sobre musica para amantes da musica, é sobre cinema para os amantes de cinema e sobre verdade para aqueles que sabem conviver com ela. Para aqueles que procuram por algo que seja diferente de sua própria rotina, inquietos por novidades, não existe o tradicional quando o assunto é arte, não existe espaço para valores tradicionais, a arte sempre esteve aqui, mas continuamente em mutação.


Fazem parte da família:

Human Trash
The Blackneedles
Bloody Mary Una Chica Band
Damn Laser Vampires
The Dealers
The Biggs
The Dead Rocks
The Fabulous Go-Go Boy from Alabama
O Lendário Chucrobillyman
The Backseat Drivers
Vermes do Limbo
Hitman One Man Band
Dead Elvis and his Onegrave Band (Disgraceland)
Amazing Oneman Band (Uruguai)
Johnny Walker (US)
The Jam Messengers (US + Brasil)
Hugo Race (Austrália)
Two Tears (EUA)
The Solid Soul Disciples (Brasil e UK) (Brasil + UK)
Black Mekon (UK)
Swampmeat (UK)
Copter (UK)



Com esse time, Mamma Vendetta procura o intercâmbio entre bandas e a sua interação com o público de diferentes lugares e culturas, o que tem ocorrido com turnês dos artistas envolvidos no projeto.

MAMMA VENDETTA E COLDRICE ESTAO UNIDOS PELA NET, NOSSO CONTEUDO TAMBEM ESTA EM WWW.COLDRICE.COM

PARA RECEBER NOSSA PROGRAMAÇAO MANDE EMAIL PARA: contatomammavendetta@gmail.com

22 de abr de 2013

VERMES DO LIMBO por Rodrigo Guedes



Relação, referência, influência, conexão. Para quem escolheu a arte como alimento, é impossível observar e não classificar, rotular e determinar parâmetros de identidade em cada pedaço de obra, minuto de música, frame por segundo que seja apresentado. É a era do sample, do remix. E os Vermes? Estão desde 1996 fazendo, lançando e apresentando música independente, principalmente independente de regras. Neste registro, são conduzidos por uma força bruta primitiva e aqui se faz a única referência possível para os iniciantes. Os Vermes são uma banda de punk rock e entregam toda originalidade de quem realmente não faz o menor esforço para se conectar, escolhendo os caminhos mais tortuosos e esburacados em sua jornada. O grande lance é que se você tira o olho da estrada e mira a paisagem ao redor, se deslumbra. Uma experiência sensorial única. Adeus Igapó é o primeiro registro em vinil da banda e chega num momento perfeito onde a interação entre os Vermes promove uma destruição coesa e elaborada, com a precisão de quem sabe como implodir prédios sem fazer bagunça. Gravado ao vivo, a única forma possível de se imaginá-los, com músicas que formam um conjunto perfeito, onde o som é o único conector e funciona como um registro sem par de um trabalho atemporal.

O disco Adeus Igapó está disponível para venda para todo o Brasil pelo email contatomammavendetta@gmail.com

para download, acesse: vermesdolimbo.bandcamp.com

 

15 de abr de 2013

LANÇAMENTO! VERMES DO LIMBO - LP - ADEUS IGAPO´


Com 16 anos de banda, finalmente os Vermes do Limbo lançam o seu primeiro LP: Adeus Igapó e a Mamma Vendetta tem o orgulho de estar junto nesse lançamento.
Desde 1996, formada por Guilherme Pacola (bateria) e Vinicius Patrial (baixo). Em 1998, lança sua primeira fita cassete pela Ordinary Records, e logo a seguir, com a participação de Fabio Fugita (guitarra), “Esqueleto de la extremidad superior derecha de un feto de cinco meses” pela Acident Records. Em 2000, grava seu primeiro CD, Vermes do Limbo, e em 2001 Verme5 no Limbo ambos pela Manufatura Vermes. Com a saída de Fujita, Pedro Potumati (guitarra) entra para banda e participa dos ensaios gravados do que seria o album Tempo Rural. Entre 2003 e 2007, os Vermes fazem um intervalo musical. Com o reencontro em 2008 novas musicas surgiram e o resultado está nesse LP.

VERMES DO LIMBO - ADEUS IGAPÓ
Guilherme Pacola (bateria) e Vinicius Patrial (baixo) - Captados por Nick Smith e Bruno Palazzo no Clube Lions em 12/2010 - Participação especial de Fabio Fujita (guitarra) - Overdubs captados por Manufatura Vermes em 04/2012 - Fabricado por Polysom ® - Ind. Bras. - Sob licença de Vermes do Limbo - 2013

Para ouvir todos os lançamentos da carreira da banda, disponíveis para download, é só acessar: http://vermesdolimbo.bandcamp.com/

E nessa quinta feira, dia 18/04, eles fazem o primeiro show de comemoração no Caos Augusta, que vai ser seguido de uma série de shows de lançamento que vamos divulgar aqui.

E aqui, um pouco de Vermes do Limbo: