Mamma Vendetta nasceu livre, livre de conceitos ou direções pré-estabelecidas, somente a idéia de juntar o melhor da música e todos as formas de expressão artística ou manifestos ligados ao mundo independente. Mamma Vendetta é muito mais que uma agência de shows, funciona como uma verdadeira comunidade que agora coloca os pés para fora do gueto numa tentativa de mostrar ao mundo a variedade e atitude da arte independente elevando-a a outro nível. A família Vendetta iniciou suas atividades em 2009 trazendo alguns dos mais criativos e excitantes artistas da cena atual.

Mamma Vendeta é sobre musica para amantes da musica, é sobre cinema para os amantes de cinema e sobre verdade para aqueles que sabem conviver com ela. Para aqueles que procuram por algo que seja diferente de sua própria rotina, inquietos por novidades, não existe o tradicional quando o assunto é arte, não existe espaço para valores tradicionais, a arte sempre esteve aqui, mas continuamente em mutação.


Fazem parte da família:

Human Trash
The Blackneedles
Bloody Mary Una Chica Band
Damn Laser Vampires
The Dealers
The Biggs
The Dead Rocks
The Fabulous Go-Go Boy from Alabama
O Lendário Chucrobillyman
The Backseat Drivers
Vermes do Limbo
Hitman One Man Band
Dead Elvis and his Onegrave Band (Disgraceland)
Amazing Oneman Band (Uruguai)
Johnny Walker (US)
The Jam Messengers (US + Brasil)
Hugo Race (Austrália)
Two Tears (EUA)
The Solid Soul Disciples (Brasil e UK) (Brasil + UK)
Black Mekon (UK)
Swampmeat (UK)
Copter (UK)



Com esse time, Mamma Vendetta procura o intercâmbio entre bandas e a sua interação com o público de diferentes lugares e culturas, o que tem ocorrido com turnês dos artistas envolvidos no projeto.

MAMMA VENDETTA E COLDRICE ESTAO UNIDOS PELA NET, NOSSO CONTEUDO TAMBEM ESTA EM WWW.COLDRICE.COM

PARA RECEBER NOSSA PROGRAMAÇAO MANDE EMAIL PARA: contatomammavendetta@gmail.com

17 de fev de 2009

SWAMPMEAT


O infame duo Swampmeat foi criado em 2006 após Danny finalmente encontrar uma forma de pôr pra fora seus contos sobre desilusões, o que criou em Stevie Copter, capitão e um dos produtores do estúdio Cold Rice, o sentimento de que havia ali uma veia musical a ser explorada: the swampmeat sound.
Algumas noites em claro regadas a Bourbon e outras bebidas baratas, e já contando com a presença do irmão T BIRD que se encarregou da parte rítmica tocando um kit de bateria bem reduzido e simples, o Swampmeat lança seu primeiro álbum: Double Dutch and Moonshine.
Não só a banda teve a sorte de lançar este disco pelo ilustre selo inglês Cold Rice, lar de pérolas como Copter, Big Bang e Black Mekon, como também teve o prazer de dividir os palcos com Piney Girl, Dan Sartain, The Dexateens e Ladyfingers, só para citar alguns.
No mesmo ano, eles aterrizam na terra do Rei Elvis, fazendo shows tempestuosos em Nova York e Philadelphia e ainda em 2008 participaram do evento da NYE no Bloomburry Bowling Lanes (Londres). O publico do duo continuou crescendo mundo afora e, principalmente nos Estados Unidos, após sua estrondosaparticipação no SXSW (festival que reúne o melhor da musica independente), passando a fazer parte da programação das rádios especializadas e também da trilha sonora de Dirty Sanchez, programa apresentado pela MTV.
Tendo Matt Symth ( do Big Bang,, quarteto de garage inglês) cuidando do baixo acústico, o Swampmeat, se prepara para mais um lançamento, Camp Heartbreak, segundo álbum do grupo, e logo estarão na estrada tocando hits como Brand New Cadillac, que já pode ser encontrado na página da banda.
Combinando a simplicidade e a verdade da musica country com a urgência maldita do blues, o Swampmeat nos traz musica crua, simples e verdadeira, como nunca deveria ter deixado de ser.

www.myspace.com/danfinnemore

Nenhum comentário:

Postar um comentário